O papel indutor do Serviço Geológico do Brasil na criação de Geoparques

Português
Diversos
CPRM - Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais
2010
O acesso a essa publicação foi autorizado pelo CPRM, Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais, detentor do site http://cprm.gov.br/

Descrição

Resumo

Geoparque é uma marca atribuída pela UNESCO a uma área onde sítios do patrimônio geológico representam parte de um conceito holístico de proteção, educação e desenvolvimento sustentável. Um geoparque deve gerar atividade econômica, notadamente através do turismo, e envolve um número de  sítios geológicos de importância científica, raridade ou beleza, incluindo formas de relevo e suas paisagens. Aspectos arqueológicos, ecológicos, históricos ou culturais podem representar importantes componentes de um Geoparque. Para ser aceito como membro da Rede Global de Geoparques Nacionais (Global Network of National Geoparks), criada pela UNESCO em 2004, um geoparque deve (i) preservar o patrimônio geológico para futuras gerações, utilizando métodos de excelência em conservação dos sítios geológicos de particular importância (geoconservação), (ii) educar e ensinar ao grande público sobre temas geológicos e conceitos ambientais e proporcionar meios de pesquisa para as geociências (educação ambiental) e (iii) assegurar desenvolvimento sustentável (geoturismo).

O Projeto Geoparques do Serviço Geológico do Brasil (CPRM) representa importante papel indutor na criação de geoparques no Brasil, uma vez que esse projeto tem como premissa básica a identificação, levantamento, descrição, inventário, diagnóstico e ampla divulgação de áreas com potencial para futuros geoparques no território nacional. O Brasil tem grande potencial para a criação de geoparques, por sua imensa extensão territorial, aliada a uma rica geodiversidade com representantes de quase toda história geológica do Planeta. Diversas propostas de geoparques já foram avaliadas em 2009 (7 propostas) e outras ainda serão avaliadas em 2010 e nos anos seguintes.

Compartilhar