O pato-mergulhão (Mergus octosetaceus) é uma das espécies de aves aquáticas mais raras do mundo, considerada criticamente em perigo de extinção em nível global segundo a União Mundial para a Natureza - UICN.

pato mergulhao5Características Morfológicas

Destaca-se o longo penacho nucal e os pés vermelhos. O bico negro é longo, estreito e serrilhado nas bordas.

É uma ave delgada, com comprimento total entre 48 e 55 cm e peso médio de 800 gramas.

A cabeça e o pescoço são escuros, com reflexos verde-metalizados. O dorso, a cauda e as asas são cinza-amarronzados, enquanto o peito e o abdome são mais claros, com um discreto estriado.

Não existe diferença externa entre o macho e a fêmea, mas quando o casal é visto junto, é possível perceber que os machos em geral são ligeiramente mais robustos. Na estação reprodutiva, o penacho das fêmeas se danifica, ficando bem mais curto, o que facilita a identificação dos sexos.

pato mergulhao2Distribuição

Esta espécie é originalmente encontrada no Brasil, Paraguai e Argentina.

No Brasil, nas últimas décadas, o pato-mergulhão tem sido registrado em apenas algumas localidades nos estados de Minas Gerais, Goiás e Tocantins. Na região da Serra da Canastra, em Minas Gerais, encontra-se a maior população conhecida desta espécie.

Alguns poucos indivíduos foram observados isoladamente há mais de uma década no Paraguai e Argentina. Não se tem conhecimento do tamanho destas populações nestes países.

Habitat

pato mergulhaoO pato-mergulhão habita rios e riachos de águas límpidas, com corredeiras e margeados por vegetação nativa.

Alimentação

Alimenta-se principalmente de peixes e também de invertebrados aquáticos. Na Serra da Canastra o seu principal item alimentar é o lambari.

Os peixes são capturados nos mergulhos, que podem durar até 30 segundos.

Vocalização

Apresenta diferentes vocalizações. A mais evidente é similar ao latido agudo de um cachorro. Sua chamada de alarme é um áspero “crók-crók” realizada principalmente durante o vôo, além de um suave chamado de contato − “rrek-rrek-rrek”.

Comportamento

O casal permanece junto durante todo o ano. Descansam sobre as pedras no meio do rio ou em suas margens e, quando perturbados, voam rapidamente rente à superfície da água ou se escondem na vegetação ribeirinha. Além de raro, é muito arisco e, por isso, é tão difícil de ser visto.

pato mergulhao4O período reprodutivo  estende-se de maio a setembro, sendo junho e julho os meses mais comuns para a incubação e a eclosão dos ovos.

Os ninhos são construídos em ocos de árvores, fendas em paredões rochosos e em cavidades de barrancos de terra nas margens dos rios.

A postura é de até oito ovos. Durante a incubação, a fêmea permanece no ninho, saindo apenas pra alimentar-se, enquanto o macho passa a maior parte do tempo nas proximidades.

Os filhotes acompanham os pais por cerca de seis meses.

Ameaças

O pato-mergulhão é extremamente sensível à degradação e perda de seu ambiente natural. Por isso é considerado um bom indicador da qualidade dos ambientes aquáticos.

pato mergulhao3Dentre as maiores ameaças a esta espécie estão:

- a destruição de matas ciliares e conseqüente perda de árvores de maior porte, e a degradação das margens e dos leitos dos cursos d’água

- o uso de pesticidas nas pastagens e lavouras que são carregados para os cursos d’água

- a mineração, que impacta diretamente os cursos d’água e, consequentemente, sua fauna associada

- a construção de barragens, as quais modificam profundamente os ambientes aquáticos

- as atividades esportivas mal planejadas realizadas ao longo dos cursos d´água

Fonte: Instituto Terra Brasilis

 

      


INSTITUTO TERRA BRASILIS
Rua Bueno Brandão, 405 - Bairro Santa Tereza - 31010-060
Belo Horizonte - MG TELEFAX: (55 31) 3225-0414 - contato@terrabrasilis.org.br

Your are currently browsing this site with Internet Explorer 6 (IE6).

Your current web browser must be updated to version 7 of Internet Explorer (IE7) to take advantage of all of template's capabilities.

Why should I upgrade to Internet Explorer 7? Microsoft has redesigned Internet Explorer from the ground up, with better security, new capabilities, and a whole new interface. Many changes resulted from the feedback of millions of users who tested prerelease versions of the new browser. The most compelling reason to upgrade is the improved security. The Internet of today is not the Internet of five years ago. There are dangers that simply didn't exist back in 2001, when Internet Explorer 6 was released to the world. Internet Explorer 7 makes surfing the web fundamentally safer by offering greater protection against viruses, spyware, and other online risks.

Get free downloads for Internet Explorer 7, including recommended updates as they become available. To download Internet Explorer 7 in the language of your choice, please visit the Internet Explorer 7 worldwide page.