A propose for the delimitation of the buffer zone of the Itatiaia National Park, Rio de Janeiro, Brazil

Inglês
Planos de Manejo
Revista Nordestina de Ecoturismo
2012
Atenção às normas de uso. Publicação sob Licença Creative Commons.

Descrição

Revista Nordestina de Ecoturismo, v. 5, n. 2 (2012)

RESUMO

A busca pela conservação da biodiversidade e proteção dos recursos naturais faz parte da história do Brasil e vem sendo construída em diferentes momentos e de diferentes maneiras. Atualmente, uma das maneiras de amenizar os riscos potenciais causados pelas atividades humanas que ameaçam a conservação da biodiversidade em nosso planeta, tem sido a criação das áreas protegidas. Porém, a integridade dessas áreas e a sua efetividade em cumprir as funções têm sido colocadas em risco pelas atividades econômicas e pelo uso inadequado dos recursos naturais. Há, atualmente, um consenso global de que estas unidades de conservação não podem ser operadas como ilhas, devendo ser estabelecidas estratégias de manejo em escalas maiores, com a criação de zonas de amortecimento. Tais zonas devem funcionar como filtros, impedindo que atividades antrópicas externas coloquem em risco os ecossistemas naturais dentro das áreas protegidas. Diante deste cenário, a cartografia e sensoriamento remoto podem representear atualmente uma ferramenta de significativa importância em termos de gestão da biodiversidade, e conservação de áreas protegidas, pois eles podem fomentar, sobretudo, estratégias de conservação, manejo ambiental, planejamento territorial e monitoramento, integrando de forma especializada, informações de natureza complexa e multidisciplinar.

Fazendo uso destas ferramentas de sensoriamento remoto, o presente estudo tem como objetivo a apresentação de uma proposta para a delimitação da Zona de Amortecimento do Parque Nacional do Itatiaia (PNI), Unidade de Conservação localizada na região Sudeste do Brasil, em áreas do estado do Rio de Janeiro e Minas Gerais. Além do patrimônio biótico e geomorfológico, o PNI tem grande relevância por ser o primeiro parque a ter sido criado no Brasil. Na realização do presente trabalho utilizou-se uma abordagem integrada, utilizando ferramentas de interpretação visual de produtos de sensoriamento remoto, considerando os seguintes aspectos:a legislação incidente, aspectos políticos/sociais da região abrangida pela zona de amortecimento (raio de 10 km) e aspectos de uso da terra. Além dos objetivos descritos anteriormente, este trabalho poderá fornecer ainda subsídio para as futuras ações de planejamento e gestão, de médio e longo prazo.

Compartilhar