Usos da Água, Gestão de Recursos Hídricos e Complexidades históricas no Brasil: Estudo sobre a Bacia Hidrográfica do Rio Paraíba do Sul

Português
Diversos
IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística
2009
O acesso a essa publicação foi autorizado pelo IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, detentor do site http://www.ibge.gov.br/

Descrição

Resumo

O tema proposto para a dissertação é a compreensão da complexidade da gestão dos recursos hídricos no Brasil. O diferencial foi atentar para questões que potencializam os conflitos, como a competitividade entre os principais usuários de água e sua relação com as formas de desenvolvimento sócioespacial. Esse debate foi direcionado pela compreensão histórica do desenvolvimento urbano que predispõe de infraestruturas para o acesso a água e que a utilizam como ‘matéria-prima’. Dessa forma, julgou-se necessário resgatar a história das técnicas sociais para compreender o desenvolvimento da ampliação do consumo de água no Mundo. Este caminho serviu como base para entender a estruturação dos principais usos da água em grande escala no Brasil. O desenvolvimento dos principais centros urbanos e industriais no país reflete os principais desafios na atual gestão das águas em áreas urbanas. As conseqüências ambientais se tornaram um desses desafios. Como forma de ampliar o debate foi escolhida a Bacia Hidrográfica do Paraíba do Sul como exemplo de desenvolvimento dos setores usuários de água e da prática de gestão do recurso hídrico. A bacia é considerada como um laboratório na gestão dos múltiplos usos da água no Brasil. Inicialmente, foi apontada a sua relação com história do desenvolvimento do setor de recursos hídricos no Brasil. Em seguida foi apresentado um conjunto de indicadores, socioeconômicos e ambientais, a partir de bases de informações disponíveis, como Censo Demográfico, PNAD, Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento Básico, os relatórios de situação e o Plano de Bacia, entre outros. Foi realizada uma análise com objetivo de mostrar as principais características dos usos e demandas da Bacia Hidrográfica do Paraíba do Sul. Outro ponto importante nesta análise foi a apresentação do cadastro de usuários da bacia, que é a principal fonte de informação para aplicação de um dos principais instrumentos de gestão: a cobrança pelo uso da água. Esse conjunto de indicadores possibilitou realizar uma análise regional da bacia, indicando a configuração espacial da sócioeconomia, dos potenciais conflitos entre uso e demanda e alguns problemas a serem enfrentados pela gestão, como a precariedade de informação.

Compartilhar