Caminhos para a sustentabilidade urbana

ANAP - Associação Amigos da Natureza da Alta Paulista
São Paulo
2014
O acesso a essa publicação foi autorizado pela ANAP – Associação Amigos da Natureza da Alta Paulista, detentora do site http://www.amigosdanatureza.org.br/

Descrição

“O livro “Caminhos para a Sustentabilidade Urbana” tem sua importância relacionada à conscientização da comunidade que a Sustentabilidade vem agregar valor às áreas urbanas. Principalmente, vem lembrar a necessidade de equilíbrio entre o consumo de recursos naturais e a proteção e preservação do meio ambiente. Em termos gerais, pode-se dizer que assim se procura colaborar para evitar as catástrofes que podem ocorrer frente aos impactos das mudanças climáticas e vivenciar um ambiente urbano de qualidade.

Por isso os capítulos aqui apresentados procuram, à sua maneira, mostrar a necessidade desse equilíbrio ambiental hoje e para as gerações futuras, como diz Gro Brudtland ao anunciar o significado de Desenvolvimento Sustentável, em seu relatório Our Common Future, em 1987, relacionando produção e consumo1.

Focaliza então aspectos como o Desenvolvimento Urbano na Conformação de Territórios Habitacionais, relacionando à certificação, a códigos e diretrizes para se obter a qualidade no processo de projeto de conjuntos habitacionais; a Morfologia Urbana e a apropriação do espaço, ainda tratando de áreas de habitação de interesse social; ou a questão da participação da população em projetos urbanos com essas características; ou ainda a questão das águas urbanas, focalizando o zoneamento ecológico e a intervenção planejada da ocupação nas margens de cursos d’água, dentre outros; seguem-se ainda textos sobre a conservação energética no planejamento, projeto e construção de edifícios; e mesmo a utilização de indicadores de sustentabilidade como forma de avaliar aspectos urbanos. Esses e outros enfoques mostram diferentes possibilidades de participação na formação da sustentabilidade, cada qual fazendo sua parte e assim, contribuindo para o todo de áreas urbanas mais sustentáveis.

Por isso, espera-se que o entendimento do que vem a ser sustentabilidade possa ser depreendido dos vários capítulos apresentados nessa edição de “Caminhos para a Sustentabilidade Urbana”. Fonte; as autoras.

Compartilhar